quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Há PeSsOaS

Que sinceramente, ou nã gostam de trabalhar eu então não sei.

Ontem, numa ida ao supermercado, fui à parte do fiambre e queijo, onde pedi à menina 200g de fiambre de perú fininho, ao que ela pega já no que tem cortado, e põe na balança a pesar.

Eu: Menina, queria fininho.
Ela: Não posso cortar mais fininho, apresentando-me praticamente, um bife de perú, de tão grosso que era.
Eu: Queria mais fininho que não gosto do fiambre grosso.
Ela: Não posso cortar mais fino.
Eu: Então não quero.

Não gosto de fiambre grosso, goste dele fininho, fica mais saborosa e não sabe tanto a "carne".

Posso estar errada, mas penso que a política dos supermercados, as funcionárias são obrigadas a cortar o fiambre/queijo e afins, na hora.

Como sei que as pessoas precisam de trabalhar, virei-lhe as costas e não lhe disse nada, mas quando voltar lá e se for a mesma pessoa, à segunda não falta, foi uma falta de respeito para com a minha pessoa.

Mas enfim, tantas pessoas a precisarem de emprego, e estas senhoras a trabalhar porque são obrigadas e não por gosto.

Haja paciência, mas para a próxima, com certeza, não vai haver.

Hasta

1 comentário:

  1. Há tantos empregados que não sabem como se trata os clientes.

    ResponderEliminar